As principais dúvidas sobre saúde bucal na terceira idade



Com a chegada da terceira idade são necessários alguns cuidados extras com a saúde, e os cuidados com a boca não fica de fora. Afinal, ela impacta diretamente na autoestima e na qualidade de vida.


Na terceira idade, além da perda óssea, é muito comum alguns remédios e patologias influenciarem a saúde bucal. Por isso, decidimos esclarecer as principais dúvidas sobre o cuidado bucal nessa fase.


Os hábitos de higiene bucal são os mesmos?


Sim, os hábitos de higiene bucal continuam os mesmos: escovar os dentes três vezes ao dia e passar o fio dental. É importante não esquecer de padronizar o movimento da escovação e utilizar escovas com cerdas macias.


Ao ter uma higiene bucal adequada e visitar o dentista de seis em seis meses, é possível evitar perdas dentárias causadas por doenças bucais.


Sua boca está ficando muito seca?


Outro fator muito comum na terceira idade é a diminuição na produção de saliva. Por conta disso, aumenta-se o mau hálito que contribui para a boca seca. O indicado é tomar bastante água, ter sempre aquela pastilha no bolso e, claro, manter os cuidados com a higiene bucal.


Quais outros problemas na terceira idade podem influenciar a saúde bucal?


Nesta faixa etária alguns problemas bucais são mais propensos a aparecer, como a cárie de raiz, gengivite, periodontite, entre outras.

Uma das maneiras de evitar o surgimento dessas doenças é apostar na limpeza interdental, pois ela garante uma limpeza eficaz entre os dentes.


Quais cuidados devo ter com a prótese dental?


Para quem já faz o uso da prótese dentária é necessário limpar o “céu da boca”, ou seja, a parte interna das bochechas, a língua e toda gengiva para evitar o acúmulo de placa bacteriana na boca. O indicado é escovar a prótese após cada refeição.


Durante toda a fase da vida devemos cuidar da saúde bucal, mas na terceira idade o cuidado deve ser redobrado. Assim, é possível uma vida longa e feliz.



0 visualização