Por que os dentes ficam amarelos?

Atualizado: Jul 22



Você já se olhou no espelho e se perguntou como seus dentes ficarão tão amarelos? Muitos de nós, sim. Pelo fato de acontecer gradualmente, o amarelamento pode não ser percebido. Felizmente, dentes amarelados não são sinais de doenças sérias.


Apesar de não ser sinal de uma doença séria, o amarelamento dos dentes causa desconforto e diminui a vontade de sorrir. O cigarro e o café são considerados grandes vilões, mas nem sempre eles são os únicos culpados desse problema.


Existem diversos fatores que podem deixar os dentes amarelos. Por isso, é importante conhecê-los para saber como evitar ou limitar a exposição a essas causas. Confira o que pode causar dentes amarelos e saiba como proteger o seu cartão de visita - o sorriso:


Cigarros


Produtos à base de alcatrão, nicotina e metais pesados, contidos nos cigarros e cachimbos, provocam o escurecimento e desgaste dos dentes. Quanto mais tempo e cigarros a pessoa fuma, mais amarelados eles ficam. Esse é mais um motivo para largar esse mau hábito.


Hábitos alimentares


Alimentos e bebidas com corantes, como os industrializados, favorecem o amarelamento. Quanto maior a ingestão, mais amarelos ficam os dentes. Por isso, café, chá matte, refrigerantes, vinho, suco de laranja e açaí devem ser consumidos moderadamente. E lembre-se, após consumir esses alimentos aguarde 30 minutos e escove bem os dentes.


Higiene bucal


Não seguir uma rotina de escovar os dentes, usar o fio dental e um enxaguatório bucal para remover o acúmulo de placa e tártaro, que atacam o esmalte dos dentes podem acelerar a descoloração.


Medicamentos


Alguns medicamentos , como os antibióticos doxiciclina e tetraciclina, podem escurecer os dentes de crianças menores de oito anos. Alguns anti-histamínicos, anti-hipertensivos e antipsicóticos também mancham os dentes de adultos. Verifique os possíveis efeitos colaterais dos medicamentos que está tomando, ou que vá começar a tomar, conversando com seu médico e seu dentista.


Predisposição genética


A cor dos nossos dentes é herdada geneticamente. Logo, se seus pais possuem dentes amarelos, existe a possibilidade de os seus terem uma tonalidade parecida. Algumas doenças congênitas podem fazer com que os dentes nasçam com uma cor amarelada e alterações na tireoide também podem influenciar na cor dos dentes.


Envelhecimento


Seus dentes também podem começar a amarelar como parte natural do processo de envelhecimento. Isso acontece quando a cobertura branca e forte, conhecida como esmalte, vai perdendo o brilho com o tempo, por causa do desgaste diário dos dentes.


Não realize tratamentos caseiros para branquear os seus dentes. O mais indicado é procurar um consultório odontológico para consultar com um profissional.





4 visualizações