Saiba a importância da Odontopediatria



A odontopediatria é a especialidade odontológica responsável de cuidar da saúde bucal das crianças e de bebês. Afinal, acrianças merecem um especialista que ensinam sobre como lidar com os problemas bucais mais comuns na infância.

Aproveitando o mês de julho laranja vamos falar sobre o que faz a odontopediatria e sua importância para a saúde bucal do seus filhos.


Do que se trata o julho laranja?


Têm como objetivo incentivar pais e responsáveis a levar as crianças ao odontopediatra. Quando os cuidados começam cedo e com um profissional especializado em trabalhar com as crianças, temos o ganho para a saúde bucal e emocional da criança. Ela não vai ter medo de ir ao dentista no futuro e isso será fundamental para a sua saúde, tendo em vista, que a saúde começa na boca.


O que faz o profissional de odontopediatria?


Como já foi dito, o odontopediatra é responsável por cuidar da saúde bucal das crianças. Não somente delas, mas das gestantes também, pois algumas infecções bucais presentes na mãe podem trazer complicações no parto.


É fundamental que os cuidados com a saúde bucal da criança comece logo no nascimento e não quando nascem os primeiros dentinhos. Por isso, as gestantes devem consultar o profissional de odontopediatria para receber orientações em relação aos cuidados que deve ter com a saúde bucal de seu pequeno desde o nascimento dele.


Além dos pais serem instruídos sobre como evitar a cárie de mamadeira, muito comum entre bebês que recebem alimentação à base de líquidos açucarados, o odontopediatra pode diagnosticar precocemente problemas na boca da criança, evitando complicações maiores no futuro.


Qual a importância do odontopediatria para a saúde bucal das crianças?


Procurar um profissional de odontopediatria é importante porque ele observa todas as características da boca do recém-nascido. Ele acompanha o nascimento dos primeiros dentes e já observa possíveis cáries e infecções nos dentes de leite do bebê. O odontopediatra também orienta as mães sobre amamentação, alimentação, dieta e mastigação da criança.


Quanto mais cedo você começar a levar seu filho para fazer acompanhamento com o odontopediatra, menores serão as probabilidades dele desenvolver lesões e cáries. E caso sejam necessários tratamentos, serão mais tranquilos, pois serão diagnosticados precocemente, tornando o tratamento mais fácil.


O acompanhamento da saúde bucal da criança desde cedo pode evitar até mesmo que ela precise de aparelho ortodôntico no futuro.

Outro fator de extrema importância é falar sobre o fator psicológico. Sabemos que muitas crianças têm medo de ir ao dentista. Isso por causa de uma imagem ruim que elas têm do profissional, a qual muitas vezes é passada pelos próprios pais.


Além disso, a criança toma consciência desde cedo sobre como uma boa higiene bucal garante dentes fortes e bonitos, além de aprender escovar os dentes corretamente. Seu filho vai levar esses ensinamentos até a idade adulta e terá grandes possibilidades de ter todos os dentes naturais durante toda a vida.


Na Uniodonto Passos você encontra os melhores especialistas em odontopediatra. Faça um plano odontológico e deixe a saúde bucal do seu filho em dia.


Quando levar meu filho ao odontopediatra pela primeira vez?


Ao contrário do que muitos pais pensam, não é preciso esperar que nasçam os primeiros dentes para levar a criança ao dentista. Tampouco que os dentes de leite caiam ou que a criança tenha problemas bucais — o que é muito comum, pois as pessoas acham que os únicos motivos de levar uma criança ao consultório odontológico são o aparecimento de cárie, problemas na gengiva ou se a criança apresentar dentes tortos.


Isso é um erro que pode trazer consequências à saúde bucal do seu filho. Por isso, logo após o nascimento, você já deve marcar a primeira consulta. É logo na primeira visita que o dentista examina a bochecha e a língua do bebê para verificar se há alguma alteração.

Caso tenha, provavelmente serão alterações benignas que podem ser facilmente tratadas. E caso esteja tudo em ordem, o profissional já orienta aos pais quando devem retornar com a criança.


Participe do julho laranja!


4 visualizações