Três motivos para a gestante ter atenção redobrada com a saúde bucal


A gravidez traz uma série de alterações hormonais, enjoos, dores de cabeça e tonturas. São necessários cuidados adicionais como exames, exercícios, dieta saudável. Esse acréscimo de preocupações pode levar ao esquecimento dos efeitos da saúde bucal à gestação.


Por exemplo, o cuidado com a saúde bucal no pré-natal é um consenso entre os médicos porque influencia diretamente na saúde da mãe e, assim, na de seu bebê. Por isso, vamos esclarecer 3 motivos pelos quais as grávidas devem ter atenção redobrada com a saúde bucal, são eles:


1. Cáries


Se por um lado durante a gravidez a mulher pode notar a pele mais seca, por outro pouco se nota a diminuição na produção de saliva. Essa redução é prejudicial porque a saliva ajuda a eliminar as bactérias da boca.

Com o maior consumo de alimentos pela grávida, nem sempre há um aumento na higienização também. O indicado é fazer uma boa escovação após cada refeição, principalmente antes de dormir para evitar as cáries.


2. Gengivite


Você já ouviu falar de gengivite gravídica? Gengivite em grávidas é tão comum que até ganhou nome próprio. As gengivas durante a gravidez ficam mais sensíveis por conta das placas bacterianas. O problema surge em decorrência das alterações hormonais. Os dentistas recomendam que as gestantes evitem o uso de enxaguante bucal à base de álcool, mas sem esquecer, claro, da higienização adequada e o uso do fio dental.


3. Sensibilidade nos dentes


É bastante comum que às gestantes vomitarem com frequência. O ácido provocado pelo vômito pode causar sensibilidade nos dentes, desencadeando uma série de incômodos. A recomendação é que ao vomitar não escove imediatamente os dentes.


O atendimento odontológico durante a gestação não pode ser adiado. O dentista irá ajudar nos cuidados necessários para prevenir qualquer problema e tirar todas suas dúvidas.


Na Uniodonto, você conta com a assistência dos nossos profissionais cooperados para a melhor prevenção.


0 visualização